quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Joel e o dia do Senhor.


   

No livro do profeta Joel tem o relato do dia do Senhor. Um termo usado também por outros profetas.

Como figura de um ataque de animais a lavoura, tanto por fora quanto por dentro da terra, uma poderosa nação e como um fogo - dele nada escapará.  

A ordem é para clamar, chorar, rasgar o coração e se converter ao Senhor. Quem sabe se voltará, e se arrependerá, e deixará após si uma bênção, em oferta de manjar e libação, como diz o verso 14 do segundo capítulo.

Se assim fizermos, Ele lançará para longe de nós os nossos inimigos. 

Na verdade, em cada geração é lançada a foice e colhida a seara madura. Por outro lado, alguns estão indo para o lagar por não terem atentado para o dia do Senhor. 

Multidões estão no Vale da Decisão: por Deus ou contra Ele, não tem outra opção!


Qual tem sido a nossa decisão, juízo ou salvação esperamos dEle? Em nós não há merecimentos, mas esperemos na sua misericórdia...


Nenhum comentário:

Postar um comentário