sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Os reinos deste mundo.

       
      
              Deus revelou para nós muitos dos seus desígnios. Quanto aos Reinos, na verdade Impérios que se sucederiam no mundo, há sim uma palavra de Deus; e o nosso estudo presente inicia-se no livro Daniel capítulo 2, em época do império Caldeu, reinado de Nabucodonosor e que serve de referência para a pergunta tema desta nossa lição.

O princípio da revelação divina em Daniel capítulo dois deve-se à pergunta do rei, quanto ao que seria após ele (v. 29); Deus lhe responde através de uma visão: uma estátua e uma Pedra.

A estátua, uma primeira parte da visão, tinha cinco partes, composta por cinco materiais, assim citados: CABEÇA de Ouro; PEITO/BRAÇOS de Prata; VENTRE/COXAS de Cobre; PERNAS de Ferro; PÉS (E DEDOS) de Ferro e barro (vv. 31-33).

A Pedra, uma segunda parte da visão, cortada, sem mão, a qual fere a estátua nos pés de Ferro e de barro e os Pulveriza – os torna em pó. São pulverizados juntamente o ferro, o barro, o cobre, a prata e o ouro, e o vento os leva, e não se acha mais em lugar algum. Mas a pedra que feriu a estátua se fez um grande monte e enche toda a terra (vv. 34-35).

Cada parte e cada material da estátua significam ou representa um reino, um império. São cinco partes representando sequencialmente cinco reinos cuja nobreza aos olhos de Deus decai e por fim vai à destruição (vv.36-43).

A Pedra, um reino que já estava em formação no tempo de Nabucodonosor, crescerá e subsistirá à destruição de todos esses reinos, estabelecendo-se para todo o sempre. 

O reino representado pela cabeça de ouro é o primeiro essa sequência, é o Império Caldeu de Nabucodonosor.  

E a pedra é JESUS, o fundamento do reino eterno de nosso Deus, não de homens, não associado a este mundo, não parte dele ou tirado de entre eles, e que vem sendo levantado durante o transcorrer de todos esses impérios (vv. 43-44; Mt 21.42-44; Ef 2.20; I Pd 2.4-6). 

       Quanto aos pés com seus dedos são as nações de hoje, desunidas, algumas fortes outras muito fracas, realidade do mundo atual e tudo aos olhos de Deus não passam de pó (Is 40.15).

Sendo a Palavra dada em revelação figurada são naturais muitos questionamentos; aconselhamos nos determos, numa primeira aproximação, à mensagem principal que é dada: a certeza, sempre revelada, de que a vitória é de Deus e de seu Cristo - JESUS - o Rei dos Reis. 


* Texto cedido por: EBD – Classe de Juvenis “Escatologia”.  

4º. Trimestre de 2016 

ASSEMBLÉIA DE DEUS MINISTERIO GUARATINGUETÁ-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário