sexta-feira, 4 de março de 2016

Babilônia?



Quando se trata deste assunto sempre vem à tona a ideia de um sistema religioso afastado do Criador ou de sua essência. Muitas vezes até se referindo a uma organização religiosa, caracterizada por desvios bíblicos notórios. Mas é só esta instituição religiosa que pode e deve ser enquadrada como Babilônia? Na verdade não. 

Esta mulher se contrasta muito com a outra vestida do sol? Sim. Ou estamos vestidos, iluminados e regidos pelo Eterno ou estaríamos envolvidos com as coisas terrenas? Sim, claramente.

Rotulamos os outros de Babilônia e não analisamos nós mesmos? Isso é correto?

Um povo foi liberto do Egito que é o mundo, mas depois se desvia do seu marido, adorando outros deuses - idolatria que é considerada e chamada como prostituição no livro sagrado, pois largou o esposo e foi ao encontro de amantes? Obviamente.

Para onde foi levado este povo? Babilônia. Então ela é o lugar de castigo do povo desviado? Certamente.

Então também devemos sair de Babilônia espiritual? Claro.

A orientação do profeta é sair de Babilônia? Sim.

Sai dela povo meu, diz o Deus amoroso!



Pois é ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário