sexta-feira, 17 de junho de 2016

Quem é como Micaías?

No tempo do rei Acabe, em Israel, o livro sagrado relata a história de um profeta de Deus que estava no calabouço. Ao ser chamado à presença do rei de Judá, que pretendia consultar ao Senhor a respeito da sua ida a uma batalha.

Josafá estava desconfiado dos profetas de Acabe? Certamente. 

Entretanto havia um profeta que destoava do grupo - este era Micaías.

Por não agradar a Acabe (o desviado), "Quem é semelhante a Jeová?" (significado do nome Micaías) estava destacado nesta narrativa em uma prisão subterrânea. 

Bastava ao "vidente diferente" uma palavra para que nunca mais voltasse àquele lugar frio.

Ele até respondeu inicialmente conforme os interesses reais...ironia? Talvez.

Mas Acabe não aceitou - ele era sincero e não dava mais valor à "hierarquia e éticas" do que à Palavra? Sim.

A ética humana é muito importante, mas quando entra em confronto com a verdade, ela é sobrepujada? Sim.

Resultado? Voltou para o buraco escuro...

Uma vez Jesus disse aos fariseus que eles por suas tradições invalidavam o concerto de Deus. O que é maior a lei ou a tradição? A ética ou a verdade? O status ou a nobreza de estar diante do Altíssimo de mãos limpas?

Se o nome dele significa "Quem é como Jeová?" poderíamos perguntar nos dias de hoje: "Quem é como Micaías?”


Pois é...






Nenhum comentário:

Postar um comentário