sexta-feira, 16 de junho de 2017

José: um homem guiado pelo Espírito.

O evangelista Mateus, no segundo capítulo e verso treze, relata como se deu a fuga de Jesus para o Egito.

Os magos entrando na casa onde estava José e Maria, não na estrabaria como diz a tradição, e alguns sem entendimento, repetem sem uma melhor inquirição, adoraram o menino e por divina revelação foram avisados em sonhos para que não voltassem para junto de Herodes, partiram para sua terra por outro caminho.

O iludido rei, agora também irado pela desobediência dos magos, mandou matar todos os meninos que estavam em Belém, e nos entornos, de dois anos para baixo.

Entretanto, o pai de Jesus, já tinha ido para o Egito, conforme revelação.

Novamente por sonho, voltou para a terra de Israel, indo para as partes da Galileia, temendo Arquelau e sob direção divina através de sonhos, habitando em Nazaré.

Sem contar o sonho em que lhe apareceu um anjo do Senhor orientando-o a não deixar Maria, porque o que nela estava sendo gerado era obra do Espírito Santo.

Pois é...


Nenhum comentário:

Postar um comentário