terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

A corte celestial.


No livro do Apocalipse, a revelação de Deus dada ao apóstolo João, no capítulo 4, temos a descrição da corte celestial. 

Relata a existência de um arco celeste e vinte e quatro tronos, com vinte e quatro anciãos ao redor do trono dEle.

As conjecturas são várias, mas biblicamente não podemos dizer nada, pois não é revelado. Mas é certo que ao redor dEle tem muitos que o assistem.

O profeta Ezequiel também viu a glória de Deus. Faz menção no capítulo 1 e verso 26 em diante do seu livro.  O aspecto divino na sua visão era como o aspecto do fogo como também viu o profeta Daniel.

No meio do trono e ao redor dele quatro seres viventes, cheios de olhos. Faculdade para verem tudo em volta na sua função de servir a Deus. 

No verso dez do primeiro capítulo de Ezequiel mostra mais claramente que estes quatro seres viventes, cada um tinha quatro rostos. Nos versos 15 e 20 do capítulo 10, o profeta os reconhece como querubins.

Ah, lá não tinha mais nenhuma exaltação, pois todos prostavam-se diante do Cordeiro e o adoravam.


Pois é...

Nenhum comentário:

Postar um comentário