segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Sacerdotes convenientes.




No livro de Juízes, no capítulo 17 temos o relato de um sacerdote conveniente. Era levita de Belém de Judá, e peregrinava onde quer que ache conveniente.

Do dicionário entendemos conveniência como algo vantajoso, interesseiro.

Pois é...

Mica lhe ofereceu vestuário, sustento e salário. Oh... Aceitou...

Depois os danitas lhe oferecem uma tribo, no verso 18 e 19 do capítulo 18. Oh... Aceitou...

Era conveniente...

No livro do profeta Amós, no capítulo 7, temos outro exemplo de sacerdote conveniente? Sim.

Se o rei estava desviado de Deus, o que queria escutar da parte dEle? Bênçãos?

Ah... Mas Amazias, sacerdote de Betel está lá ao lado dele e não o advertiu? Quando Amós traz a mensagem divina, ele fica incomodado. Não lhe era conveniente àquela notícia? Não.

Amós nem filho de profeta era, mas Deus o chamara... 

Hum...
Pois é...

Estamos negociando nossa chamada? Ou já somos apenas filhos de sacerdotes convenientes.

A Palavra de Deus não deve ser negociada...


Que Ele nos guarde, não?






Nenhum comentário:

Postar um comentário