segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Humildade.




Logo na criação do homem no jardim do Éden, já temos ali exemplos sendo traçados de humildade e soberba.

Um querubim ungido para proteger, cheio de sabedoria e glória – só que se ensoberbeceu e quis fazer o seu próprio reino ao norte, abandonando o seu trabalho cotidiano, sua ocupação. Já está julgado e condenado!

Aquele que se separa, insurge-se contra a verdadeira sabedoria e busca seus interesses, diz o sábio.

Do outro lado, ele esculpe dos materiais do pó, um ser humano frágil, mas que se andar na obediência e em Sua vontade, será eterno junto com Ele. Seremos deuses, diz o salmista, ou entre os deuses daremos louvores? É.

Lembrando ainda que diante da honra vai à humildade...

Qual dos caminhos temos escolhido?


Pois é...






Nenhum comentário:

Postar um comentário