segunda-feira, 27 de março de 2017

A transfiguração.

Os evangelhos segundo escreveram Mateus, Marcos e Lucas relatam o episódio no qual o Mestre aparta três de seus discípulos e os leva a um alto monte.

O médico amado conta que o Senhor estava orando e mudou a aparência de seu rosto. Também suas vestes ficaram brancas e muito resplandecentes.

Dois homens falavam com Ele a cerca de sua morte, os quais foram lhe revelados serem Moisés e Elias.

Uma voz do céu fez com que os discípulos caíssem: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o.

Primeiramente poderíamos admitir que Jesus não quis dar essa revelação aos outros enviados? Sim, até advertiu-os para que não contassem.

Talvez não suportariam? Certamente.

A morte dEle era o tema daquela conversa e é o ponto mais alto da Palavra? É.

Desse momento em diante estava sendo colocado um novo concerto, no sangue do Cordeiro e os profetas e a lei concordam em Cristo? Obviamente.

Os profetas ansiavam por ver esse dia e a lei testificou do Messias na sua totalidade.

O Eterno desce do monte e revela a eles que Elias já tinha vindo e fizeram com ele o que quiseram, então entenderam que Ele falava de João Batista.


Uma experiência e tanto para firmar a fé dos apóstolos e prepará-los para os acontecimentos vindouros!

Nenhum comentário:

Postar um comentário