sexta-feira, 24 de março de 2017

José, o escolhido.

O evangelista declara a enorme grandiosidade do escolhido para ser pai do homem Jesus ao tentar deixar Maria secretamente, para não infamá-la depois de identificada a sua gravidez.

Mas era honesto e submisso ao Senhor e obedeceu ao mandado: não a deixes e o nome será Jesus!

Também muito humilde a ponto de não questionar a orientação de fugir para Egito e demores por lá!

Voltou do Egito na direção do Altíssimo e avisado em sonhos por revelação foi para Galiléia.

Que homem e alguns pensam que o Eterno opta por qualquer um que aparece!


Pois é...

Nenhum comentário:

Postar um comentário