sábado, 16 de julho de 2011

O obreiro precisa ter uma vida santificada?


Sim, pois a Palavra de Deus diz: ”Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade”. Lembremos que obreiro não é só aquele que tem cargo na igreja e sim os trabalhadores da seara do Mestre.

Como poderemos ser aprovados por Deus se não vivermos separados das práticas mundanas? Em outro lugar da Bíblia alerta para que “aqueles que militam não se embaracem com os negócios desta vida”.

É recomendado a muitos que não tem conhecimento de armas que também não a tenham em casa, pois pode ser usada contra ele próprio. Assim é a Palavra de Deus. Precisamos manejá-la bem, sermos um exímio defensor da verdade. Conhecendo-a com profundidade, pois o sábio Salomão nos aconselhou: “Se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a procurares, então, entenderás o temor do SENHOR, e acharás o conhecimento de Deus”.

Então, o obreiro não deve se acomodar com o pouco que sabe (ou muito) e não buscar crescer no conhecimento, como nos adverte o profeta Oséias. Alguns até usam versículos bíblicos (“As coisas encobertas pertencem ao SENHOR nosso Deus...”) para continuar estáticos no aprendizado e não clama como o salmista “desvenda os meus olhos, para que veja as maravilhas de tua lei”. Muitos foram e são destruídos espiritualmente por falta de conhecimento. O trabalhador da seara se santifica ao aprofundar o seu conhecimento, o seu relacionamento e comunhão com Deus.    

Manejar bem é saber inclusive os detalhes, é estar aberto e pronto para aprender sempre, Dele. Por quê? Porque “é da boca do Senhor é que vem o conhecimento e o entendimento” e em ouro lugar das Sagradas Escrituras diz que “a lei sairá de Sião”.  O obreiro precisa ter uma vida santificada buscando sempre fazer a vontade do Dono da obra. Estar em comunhão contínua com Ele. Ter um compromisso até maior com o que tem com a sua igreja local, que muitas vezes pode errar, até mesmo por desconhecimento, mas o obreiro prestará contas a Deus e aquele que conhece os corações não argüirá como diz as Escrituras Sagradas? 

Como purificará o “obreiro” o seu ministério? Observando segundo a Palavra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário