sábado, 25 de junho de 2011

Características da Esposa.


Uma das características da esposa é o anelo pela presença do esposo. Neste texto demonstra bem o sentimento dela e de todos nós também como igreja em particular.

“Aquele que tem a esposa é o esposo; mas o amigo do esposo, que lhe assiste e o ouve, alegra-se muito com a voz do esposo. Assim, pois, já este meu gozo está cumprido.” Jo 3.29

João Batista quando perguntado se ele era o Cristo, disse que era amigo do esposo e se alegrava muito em ouvir a voz dele – o dono da Igreja é o esposo.

 “Deveras, como a mulher se aparta aleivosamente do seu marido, assim aleivosamente te houveste comigo, ó casa de Israel, diz o SENHOR.” Jr 3.20

 “Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para tirá-los da terra do Egito; porque eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado, diz o SENHOR.” Jr 31.32

“Foste como a mulher adúltera que, em lugar de seu marido, recebe os estranhos.” Ez 16.32

Nestes três versículos do livro do profeta Jeremias e Ezequiel, temos a casa de Israel quebrando a aliança que tinha com Deus – a esposa é citada como uma adúltera que recebe estranhos – outros deuses. Eles se desviaram do seu Senhor!

 “Jardim fechado és tu, minha irmã, esposa minha, manancial fechado, fonte selada.” Ct 4.12

Ela se esqueceu de que deveria ser como descrita no livro Cantares de Salomão: jardim, manancial e fonte selada. 

 “CANTA alegremente, ó estéril, que não deste à luz; rompe em cântico, e exclama com alegria, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária, do que os filhos da casada, diz o SENHOR.” Is 54.1

 “Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeças; alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas.” Is 54.2

 “Não temas, porque não serás envergonhada; e não te envergonhes, porque não serás humilhada; antes te esquecerás da vergonha da tua mocidade, e não te lembrarás mais do opróbrio da tua viuvez.” Is 54.4

“Porque o teu Criador é o teu marido; o SENHOR dos Exércitos é o seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; que é chamado o Deus de toda a terra.” Is 54.5

Mais uma característica da Igreja, é sua esterilidade, como Sara, Rebeca, Raquel, Ana e outras, que são também seus símbolos, mas, a ordem é para exclamar de alegria, ampliar a tenda, porque transbordaria de filhos e não seria mais envergonhada. O apóstolo João na ilha de Patmos viu uma multidão que não se podia contar. Tantos como a areia da praia!

“Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao SENHOR;” Ef 5.22

“Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.” Ef 5.23

“De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.” Ef 5.24

Ela – a esposa é sujeita ao seu marido, leva o seu nome, alimenta-se de seu pão e veste as suas roupas. Não é algumas igrejas falsas relatada no capítulo 4 e versículo 1 do livro do profeta Isaías que só querem o nome, pois é maravilhoso.

 --------------------------------------------------------------------------------

            “E SETE mulheres naquele dia lançarão mão de um homem, dizendo: Nós comeremos do nosso pão, e nos vestiremos do que é nosso; tão-somente queremos ser chamadas pelo teu nome; tira o nosso opróbrio.” Is 4.1


Nenhum comentário:

Postar um comentário