terça-feira, 21 de junho de 2011

Deus quer o nosso melhor.

Muitas vezes Ele quer o nosso melhor para que reconheçamos que tudo vem dEle. Lembremos, contudo de nossa dependência, fragilidade e que somos pó.

Não entendemos quando Ele toma nosso "Isaque" (o presente que Deus nos deu), como Abraão, para depois devolver-nos. Se depois Ele nos devolve, então por que quis que entregássemos? Para testar nossa obediência.

Ele quer que ofertemos o melhor de nosso talento. O que fazemos bem, Ele quer só para si. Ele é ou não Senhor de nossa vida? Ele é.

Permite-nos passar por dificuldades extremas para que ouçamos sua voz: “Eu quero mais de você”. Nós podemos nos doar mais para Ele? Sim podemos.

 Ou, apenas recebe nosso propósito de melhora e já acalma a tempestade. Por quê? Porque Ele é maior que a tempestade e nós nos lembramos de que todo o bem anterior vinha única e exclusivamente dEle. 

Ou ainda nos dá uma nova direção, outra tarefa, uma visão maior, mais humildade. Ou, como Elias, mais uma missão. Nas dificuldades Ele terá atenção total nossa. Ele gosta de ser o alvo de nossa atenção! Gosta de ser o centro de nossa vida! Exige, talvez. 

Deus, tome o meu melhor, pois tu és Senhor! Mesmo que não me devolvas...

Quer saber de uma coisa? Um segredo? Ele vai devolver ou ainda dará algo muito maior! Acredita? 



Pois é...




Nenhum comentário:

Postar um comentário