segunda-feira, 17 de outubro de 2011

As palavras do rei Lemuel.

No capítulo 31 do livro de Provérbios de Salomão, temos a profecia da mãe de Lemuel.

Parte dela se refere às características da mulher virtuosa e diz, quem a achará?

Talvez um tema muito atual e oportuno, pois vivemos dias nos quais o casamento está sendo cada vez mais atacado, mal compreendido, não valorizado.

Tragédias familiares estão ao nosso redor, basta atentarmos um pouco e verificaremos.

Uniões interesseiras, precipitadas, em desobediência aos pais, forçadas por outrem, em suma, sem direção de Deus. 

São feitas inúmeras atrocidades contra uma instituição divina e depois, mais cedo ou tarde, vemos tudo se desmoronar.

Por quê? Porque já no namoro estava tudo errado. E, mesmo assim, casam-se? O casamento transforma pessoas? Não.

Tragédias anunciadas não seria o tema mais adequado para este assunto?

Contra a vontade dos pais, namorando escondido, e depois para piorar, querem assumir o compromisso e forçar o agrado deles. Seria isso correto? Qual o tempo de vida útil para isso? 

Só Ele tendo misericórdia e consertando os caminhos tortuosos. Mas, será que Ele irá resolver? Estaríamos ainda no tempo aceitável? E as consequências?

Precisamos atentar mais para esta profecia, ter a concordância dos pais e assim buscar a benção dEle para nossos relacionamentos, ainda antes de começar.


O cordão de três dobras dificilmente se arrebenta! 




  




Nenhum comentário:

Postar um comentário