sábado, 1 de julho de 2017

O dom de profecia é superior ao de línguas.

O apóstolo Paulo orienta que devemos procurar com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar, pois ele fala aos homens para edificação, exortação e consolação.

Exortar é animar, encorajar - apesar de alguns entenderem e aplicarem essa palavra mais no sentido de correção.

Quem fala em línguas, somente edifica a si mesmo, se não houver intérprete, entretanto, havendo interpretação, vira profecia e a igreja é edificada.

Se temos línguas estranhas na congregação e as incentivamos, porque não esforçarmos para ter em nosso meio mais revelação, ensino, palavra da ciência e da sabedoria, profecia?

Paulo preferia falar cinco palavras na sua própria inteligência do que dez mil em língua desconhecida.


Que haja pois mais mestres, doutores e profetas dentre o povo de Deus pois é através destes é que vem edificação!

Nenhum comentário:

Postar um comentário