domingo, 27 de fevereiro de 2011

A sunamita e o profeta Eliseu III.

“E FALOU Eliseu àquela mulher cujo filho ele ressuscitara, dizendo: Levanta-te e vai, tu e a tua família, e peregrina onde puderes peregrinar; porque o SENHOR chamou a fome, a qual também virá a terra por sete anos.” II Rs 8.1

Segundo a palavra de Deus pelo profeta Eliseu, a sunamita peregrinou na terra dos filisteus por sete anos e depois voltou e saiu a clamar pelas suas terras e casa ao rei. (Vs. 2, 3) 

O direcionamento de Deus para ela ser socorrida era a terra dos filisteus – povo inimigo do povo de Israel. Qual tem sido o direcionamento para nós? Mesmo que seja para estarmos entre inimigos, Ele nos sustentará. O lugar mais seguro é aquele que Deus dirige, seja qual for. Vemos também Davi algumas vezes perseguido em Israel e sendo socorrido por Deus no meio dos filisteus.

       E quando Ele o dirige a sair, também providencia a volta, pois no retorno dela ao ir pedir por suas terras e casa, naquele momento o rei falava a Geazi e pedia-lhe que contasse as obras de Deus através de Eliseu. (Vs. 4) Ele então contou ao rei como Deus vivificara a um morto e ela grita: esta mulher sou eu e este é meu filho que foi ressuscitado. (Vs. 5) Temos discernido se é tempo de gritar e o momento certo?               Ela discerniu e gritou...

   Então o rei mandou restituir tudo quanto era dela e todas as rendas de suas terras desde o dia que a deixou até aquele momento. (Vs. 6)

  Que providência! Deus tem o controle de tudo e está vendo a nossa necessidade. O profeta Isaías disse: “Nunca se ouviu, nem se viu um Deus como tu, que trabalha por aqueles que Nele esperam.” Temos esperado nEle?

  Pois é...


“COMO ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR, que o inclina a todo o seu querer.” Pv 21.1



Nenhum comentário:

Postar um comentário